Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Comando Rodoviário da BM completa 13 anos com entrega de medalhas

Publicação:

Articulado em três batalhões, o comando atende o policiamento rodoviário de mais de 12 mil quilômetros de rodovias estaduais
Articulado em três batalhões, o comando atende o policiamento rodoviário de mais de 12 mil quilômetros de rodovias estaduais - Foto: Rafael Silva/GCG
Por Clelia Admar/Ascom BM

O Comando Rodoviário da Brigada Militar comemorou 13 anos nesta segunda-feira (4), com uma solenidade na sede do CRBM, no bairro Partenon, em Porto Alegre.  Presidida pelo comandante-geral da corporação, coronel Andreis Silvio Dal'Lago, e pelo comandante do CRBM, coronel Nelson Alexandre de Moura Menuzzi, o ato teve entrega de medalhas a civis e militares homenageados.

A origem do Policiamento Ostensivo Rodoviário Estadual remonta ao ano de 1934, por proposta do general Flores da Cunha. Em 24 de dezembro de 1953, foi criada a Guarda Rodoviária do Rio Grande do Sul, dando início ao Policiamento Rodoviário no Rio Grande do Sul e, em 1967, a Guarda Rodoviária foi incorporada à Brigada Militar.

Com o aumento da malha rodoviária do Estado e visando dinamizar e ampliar a capacidade do então Batalhão de Policia Rodoviária, em 3 de dezembro de 2004 foi criado o Comando Rodoviário da Brigada Militar. Articulado em três batalhões com sedes em Passo Fundo, Cachoeira do Sul e Bento Gonçalves, o comando atende o policiamento rodoviário de mais de 12 mil quilômetros de rodovias estaduais.

O coronel Menuzzi agradeceu o empenho de todos os policiais militares integrantes do Comando Rodoviário e disse que "desta especialização para atuações no policiamento de trânsito, não podemos nos descuidar da missão original das polícias militares, quais sejam a polícia ostensiva e a manutenção da ordem". O comandante destacou o engajamento dos policiais no combate ao crime, retendo nas rodovias aquilo que pode chegar ilicitamente aos centros urbanos, como objetos e carros roubados, armas ilegais ou drogas. "O crime se move sobre rodas", lembrou.

Para o coronel Andreis Silvio Dal’Lago, o Comando Rodoviário tem uma importância estratégica na articulação da corporação. "O alto grau estratégico deste comando acontece porque é a única tropa que está permeada por todos os municípios, em todas as regiões do nosso estado, em todas as rodovias estaduais", afirmou. "Em nome da sociedade gaúcha  agradeço ao Comando Rodoviário e a cada brigadiano que está nas rodovias pelo incessante trabalho realizado em prol da defesa da comunidade", destacou.

O secretário dos Transportes, Pedro Westphalen, foi condecorado com a Medalha Mérito do Policiamento Rodoviário, na categoria Grande Mérito, por sua contribuição ao trabalho do Comando Rodoviário e ações de prevenção da acidentalidade e combate à criminalidade nas rodovias. "A BM é motivo de respeito e de luta em defesa das nossas causas e essa medalha que recebi vai para um lugar de destaque na minha vida", afirmou Westphalen.

Participaram da cerimônia e foram também agraciados, o chefe da Casa Militar, coronel Alexandre Martins; o secretário-adjunto dos Transportes, Vanderlan Frank Carvalho; o subcomandante-geral da Corporação, coronel Mario Yukio Ikeda; o chefe do Estado-Maior da BM, coronel Júlio César Rocha Lopes; o prefeito do município de Garibaldi, Antônio Cetolin;  o diretor do Departamento de Logística e Patrimônio da BM, coronel Carlos Armindo Thome Marques; o comandante do CRPO Serra, coronel Rogério Maciel da Silva; o comandante do Comando de Policiamento da Capital, coronel Jefferson de Barros Jacques; e o comandante do CRPO do Vale do Rio dos Sinos, coronel Álvaro de Medeiros.

Secretaria da Segurança Pública