Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Curso capacita 23 policiais militares para atuar na Patrulha Maria da Penha

Publicação:

A capacitação de 23 policiais militares envolveu de forma ampla aspectos da Lei Maria da Penha, promulgada em 2006
A capacitação de 23 policiais militares envolveu de forma ampla aspectos da Lei Maria da Penha, promulgada em 2006 - Foto: Rafael Silveira/Ascom BM
Por Clélia Admar/Ascom BM

A 21ª edição do curso de Capacitação de Policiais Militares para compor a Patrulha Maria da Penha se encerrou nessa terça-feira (10). Com 30 horas/aula, o curso foi na Escola de Especialização e Formação de Soldados/EsFES de Montenegro, coordenado pelo comandante major Márcio José Rosa da Luz. Participaram integrantes dos Comandos de Policiamento da Capital (CPC), de Policiamento Metropolitano (CPM) e Comandos Regionais do interior do estado.

De acordo com a coordenadora técnica da Patrulha Maria da Penha, capitã Clarisse Heck, a capacitação de 23 policiais militares envolveu de forma ampla aspectos da Lei Maria da Penha, promulgada em 2006. “Procuramos transmitir ao policial militar a forma adequada de acolher a mulher vítima de violência de gênero, a necessidade de escutá-la e de estabelecer uma relação de confiança com a vítima, bem como orientar onde e qual o momento mais adequado de buscar ajuda para que ela mesma encontre a solução do seu problema”, explicou.

As temáticas abordadas no curso foram polícia comunitária, estatística da violência doméstica e familiar no Rio Grande do Sul, aspectos gerais sobre violência de gênero e Lei Maria da Penha. A Brigada Militar dispõe da Patrulha Maria da Penha em 27 municípios no estado.

Secretaria da Segurança Pública