Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Grupo de ações especiais qualifica profissionais para atuar em presídios

Publicação:

Capacitação prepara profissionais para situações de alto risco e complexidade no sistema prisional
Capacitação prepara profissionais para situações de alto risco e complexidade no sistema prisional - Foto: Divulgação/Susepe
Por Ascom Susepe

A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) iniciou, nesta quarta-feira (6), o treinamento de agentes para atuar em operações nos presídios do Rio Grande do Sul. No total, 26 alunos ligados aos grupos de Ações Especiais(Gaes) e de Intervenção Regional (Gir) receberão 15 dias de qualificação no Curso de Operações Especias Penitenciário (Cope). A capacitação prepara profissionais para situações de alto risco e complexidade no sistema prisional.

Segundo o diretor adjunto do Departamento de Segurança e Execução Penal (Dsep), Fabrício Raganin, os participantes serão multiplicadores de conhecimento, compartilhando o aprendizado nas várias regiões que representam. O coordenado do Gaes, Juliano Moro, acrescenta que a especialização reúne os melhores instrutores de cada disciplina, com apoio do Exército, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Instituto-Geral de Perícias, Brigada Militar e Corpo de Bombeiros Militar. 

Com carga horária de 120 horas, o curso tem como disciplinas uso de algemas, revista e condução de presos, defesa pessoal, extração, escolta, uso de arma de fogo, tecnologias menos letais, uso diferenciado da força, intervenção prisional, primeiros socorros, gerenciamento de crise, treinamento físico, direitos humanos, abordagem policial, Lei de Execuções Penais e direitos humanos.

Além do conhecimento em legislação, a formação proporciona treinamento físico e psicológico para os servidores com nível tático básico. 

Secretaria da Segurança Pública