Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Sala Lilás começa a atender população em Ijuí

Publicação:

Espaço é destinado ao atendimento de mulheres vítimas de violência, bem como crianças menores de 14 anos.
Espaço é destinado ao atendimento de mulheres vítimas de violência, bem como crianças menores de 14 anos. - Foto: Ascom/IGP-RS
Por Michelle Oliveira/Ascom - IGP/RS

A Sala Lilás de Ijuí foi reativada na última segunda-feira (4). O espaço é destinado ao atendimento de mulheres vítimas de violência doméstica ou psicológica, bem como crianças menores de 14 anos. De acordo com Isabel Tondo, coordenadora do local, trata-se de um ambiente diferenciado e apropriado às mulheres. “É importante a oportunidade de abrir o coração com outras pessoas que vivem as mesmas histórias”, disse.

A Sala Lilás funciona junto à Delegacia de Polícia de Ijuí, na Avenida Coronel Dico, número 559, com atendimento às segundas, quartas e sextas para exames de corpo de delito, das 7h30 às 13h30. Nos outros dias, o expediente é interno, porém, com equipe de plantonistas disponível para atendimento emergencial. A Sala Lilás de Ijuí é uma das poucas do Estado que conta com dois ambientes, divididos em espaço da mulher, com televisão e bebedouro, e o espaço das crianças, com brinquedos. O serviço realizado pela Sala Lilás abrange as cidades de Ijuí, Ajuricaba, Augusto Pestana, Catuípe, Coronel Barros, Chiapetta, Joia e Panambi.

Após a acolhida, é feito o cadastro da vítima enquanto aguarda o atendimento pelo perito e o exame de corpo de delito ou ginecológico (em caso de violência sexual) e demais serviços prestados pelo Departamento Médico-Legal (DML).  “As mulheres têm muito medo. Elas sofrem violência física, sexual e psicológica. A Sala Lilás vem acolhê-las de uma forma diferente e com privacidade, ou seja, separando o agressor da vítima. É um ambiente apropriado para que elas se abram e conheçam outras pessoas que vivem um drama semelhante”, explica Isabel Tondo.

Secretaria da Segurança Pública