Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Operação Desmanche vistoria estabelecimentos em Pelotas

Dois ferros-velhos clandestinos foram interditados e tiveram cerca de 60 toneladas de sucata apreendidas

Publicação:

Estabelecimentos foram vistoriados em Pelotas
Estabelecimentos foram vistoriados em Pelotas - Foto: Rodrigo Ziebell/SSP
Por Carlos Ismael Moreira/SSP

Em sequência à intensificação das ações de Segurança no litoral gaúcho durante o período de veraneio, a Secretaria da Segurança Pública deflagrou na manhã desta quarta-feira (19) a 94ª fase da Operação Desmanche, em Pelotas, no Sul do Estado. Serão vistoriados dois estabelecimentos irregulares, sem credenciamento junto ao Departamento Estadual de Trânsito  (DetranRS).

Nos dois locais, o Comando Ambiental da Brigada Militar lavrou termos circunstanciados por poluição. Em um dos estabelecimentos, os agentes constataram furto de energia. O dono do local foi conduzido à delegacia e autuado pela Polícia Civil. Os dois estabelecimentos irregulares foram interditados pelo DetranRS e tiveram o material recolhido. No total, a estimativa é de 60 toneladas de sucata automotiva apreendidas e encaminhadas para reciclagem.

Operação Desmanche vistoria estabelecimentos em Pelotas
Operação Desmanche vistoria estabelecimentos em Pelotas - Foto: Rodrigo Ziebell

Coordenada pelo Departamento de Inteligência da Segurança Pública da SSP, a ação integrada mobilizou mais de 20 agentes das instituições vinculadas à pasta – Brigada Militar (BM), Polícia Civil, Instituto-Geral de Perícias (IGP) e DetranRS. Esta é a quarta ofensiva contra o comércio ilegal de peças veiculares, dentro das programações da Operação RS Verão Total, que teve início em 21 de dezembro de 2019 e estende até o dia 2 de março nas praias e águas internas do Rio Grande do Sul.

Em 21 de janeiro, a última edição da Operação Desmanche descobriu um depósito irregular de peças na principal avenida de Capão da Canoa, no Litoral Norte. O pátio, lotado de carcaças de carros, latarias, peças e motores sem procedência, funcionava há três anos na Avenida Paraguassu. O local foi interditado e aproximadamente 30 toneladas de sucata automotiva foram recolhidas. Também foi lavrado termo circunstanciado no estabelecimento por poluição e remetido relatório ao Ministério Público Estadual (MP) e à Secretaria do Meio Ambiente e Planejamento da Prefeitura Municipal de Capão da Canoa, informando que o local não possuía qualquer licença para o comércio de peças de veículos.

Operação Desmanche vistoria estabelecimentos em Pelotas
Operação Desmanche vistoria estabelecimentos em Pelotas - Foto: Rodrigo Ziebell

No último dia 5, em Dom Pedrito, a Operação Desmanche interditou um estabelecimento irregular onde foram recolhidos todos os veículos, num total de 20 toneladas de sucata sem procedência identificada. Um Centro de Desmanche Veicular (CDV) também foi vistoriado e notificado para providenciar regularização de exigências do DetranRS

A Força-Tarefa Desmanche é uma das principais políticas públicas para enfrentar o roubo e furto de veículos. Em 2019, esse tipo de delito caiu 31% no Estado na comparação com o ano anterior. Desde a sua criação, em 2016, a Força-Tarefa já vistoriou 54 municípios do RS, interditou mais de 130 estabelecimentos irregulares e apreendeu mais de 7 mil toneladas de peças automotivas sem procedência.

Confira os 54 municípios visitados: Aceguá, Almirante Tamandaré do Sul, Alvorada, Arroio dos Ratos, Cachoeirinha, Camaquã, Candelária, Canela, Canoas, Capão da Canoa, Capão do Leão, Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Curumim, Eldorado do Sul, Erechim, Estância Velha, Esteio, Estrela, Gravataí, Guaíba, Ijuí, Montenegro, Nova Bassano, Nova Prata, Novo Hamburgo, Parobé, Passa Sete, Passo do Sobrado, Passo Fundo, Pelotas, Portão, Porto Alegre, Rio Grande, Rio Pardo, Santa Maria, Santana do Livramento, São Leopoldo, Sapiranga, Sapucaia do Sul, São Sebastião do Caí, São Sepé, Sarandi, Soledade, Tapejara, Taquari, Terra de Areia, Torres, Vera Cruz, São Jerônimo e Viamão, Tramandaí e Xangri-lá.

Secretaria da Segurança Pública