Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

BM deflagra operação contra a violência doméstica simultaneamente em mais de 60 cidades do RS

Publicação:

Ao lado de uma viatura da Patrulha Maria da Penha, dois policiais militares (uma mulher e um homem) conversam com uma mulher que aparece de costas em uma rua de chão batido.
Houve envolvimento de 160 policiais militares para mobilização em todas as regiões do Estado - Foto: Divulgação/PMPs

Polícia militar mulher com boné branco e máscara preto cobrindo boca e nariz faz anotações em um papel sobre uma pancheta que segura com as mãos. De frente pra ela, aparece uma mulher de costas. Ao fundo, viatura da Patrulha Maria da Penha.
Ação intensificou fiscalização de medidas protetivas de urgência para vítima de violência doméstica - Foto: Divulgação/PMPs
A Brigada Militar (BM) deflagrou na manhã desta quinta-feira (30/4), a Operação “Jerônyma Mesquita”, que teve como objetivo intensificar a fiscalização das medidas protetivas de urgência (MPU) por meio das Patrulhas Marias da Penha (PMPs) no Rio Grande do Sul. A ação, que ocorreu entre as 9h e às 17h, aconteceu simultaneamente em 62 municípios com a participação de 160 policiais militares. Ao final das oito horas de operação, foram contabilizadas sete prisões por descumprimento das MPUs e 527 visitas a residências de mulheres vítimas de casos de violência doméstica.

Além da fiscalização das medidas protetivas, os policiais também realizaram a busca ativa de foragidos por descumprimentos das ordens judiciais, cumpriram mandados de prisão e outras determinações da coordenação regional da Patrulha Maria da Penha. Todos batalhões da BM que possuem unidades das PMPs participaram da ofensiva.

Em uma calçada com grama na beira de uma rua onde está estacionada uma viatura da Patrulha Maria da Penha da BM, dois policiais militares (uma mulher e um homem) conversam com uma mulher que aparece de costas, vestindo jaqueta e calça pretas.
Além das visitas nas residências de vítimas de violência doméstica, policiais também cumpriram mandados e buscaram foragidos - Foto: Divulgação/PMPs

Os comandos regionais de policiamento ostensivo (CRPOs) e as regiões atendidas durante a ação desta quinta-feira foram: Porto Alegre, Região Metropolitana, Vale do Rio dos Sinos, Vale do Taquari, Missões, Fronteira Noroeste, Fronteira Oeste, Planalto, Serra, Sul, Vale do Rio Pardo, Central, Alto Jacuí, Centro Sul, Litoral e Vale do Caí.

O nome dado à operação também marcou o Dia Nacional da Mulher, celebrado neste 30 de abril. A data foi escolhida em homenagem ao aniversário de Jerônyma Mesquita, enfermeira que também exerceu várias lutas para garantir direitos, como o voto, a outras tantas mulheres no Brasil.

Em uma rua, dois policiais militares (um homem e uma mulher) conversam com uma mulher na beira da calçada. Ao lado deles, está estacionada uma viatura da Patrulha Maria da Penha.
Foram realizadas 527 visitas a vítimas em oito horas de operação - Foto: Divulgação/PMPs

Neste período de distanciamento social, necessário para minimizar a propagação da pandemia do novo coronavírus, a denúncia dos casos de violência doméstica é ainda mais fundamental para o trabalho das policiais. A BM incentiva todo cidadão – familiar, amigo, vizinho ou mesmo desconhecido – a avisar as autoridades sobre situações de ameaça e agressão a mulheres.

Confira os canais de denúncia:

- Telefone 190 (para situações de emergência)
- Disque 180
- Disque 181 ou Denúncia Digital 181 (clique aqui)
- WhatsApp 9.8444.0606 (Polícia Civil)
- Qualquer delegacia de polícia no RS 

Texto: Zete Padilha
Edição: Carlos Ismael Moreira

Secretaria da Segurança Pública